Polícia

Mulher tenta comprar passagem aérea para amiga, mas cai em golpe ao fazer Pix de R$ 600

Falsa empresa de viagens vendeu a passagem e enviou até código da companhia aérea

Fábio Oruê Publicado em 15/09/2021, às 17h24

Empresa sumiu após pagamento
Empresa sumiu após pagamento - Foto: Fala Povo/ Midiamax

Uma campo-grandense de 52 anos foi vítima de um golpe de uma falsa empresa de viagens, denominada de 'Aviação', que vendeu uma passagem aérea, mas sumiu após o pagamento deixando um prejuízo de R$ 599 para a mulher. 

De acordo com boletim de ocorrência, registrado na DERF (Delegacia Especializada de Roubos e Furtos), a mulher procurava comprar uma passagem de avião para uma amiga, de Maceió (AL), vir para Campo Grande para passar por uma perícia médica.

Ela narra que após encontrar o site da falsa empresa foi redirecionada para um contato de WhatsApp onde foi feita toda a negociação. Conforme as conversas, obtidas pelo Jornal Midiamax, o golpista, se passando por vendedor, incitada a venda da passagem pelo preço de R$ 599 alegando que o outro dia já estaria com outro valor. 

Contato da falsa empresa de viagens. Foto: Fala Povo/ Jornal Midiamax

Ficou acordado entre eles que o pagamento seria feito em uma vez pelo sistema PIX. Após o pagamento do valor total, no último dia 8 de setembro, a empresa disse que dentro de 4h a passagem seria enviada por mensagem de WhatsApp e encaminhada no e-mail. 

Mas, contrariando as expectativas da vítima que iria reencontrar a amiga, a empresa sumiu, não enviou a passagem e não respondia mais os questionamentos da campo-grandense.

Então, a amiga foi até aeroporto em Maceió e procurou a companhia aérea, que informou não haver passagem marcados com os dados repassados. 

Após constatado o golpe, a vítima procurou a DERF e registrou o boletim de ocorrência de estelionato. O Jornal Midiamax entrou em contato com o número da empresa disponível, mas a mensagem e a ligação não foram respondidas.

WhatsApp: fale com os jornalistas do Midiamax

O leitor enviou as imagens ao WhatsApp do Jornal Midiamax no número (67) 99207-4330. O canal de comunicação serve para os leitores falarem com os jornalistas. Flagrantes inusitados, denúncias, reclamações e sugestões podem ser enviados com total sigilo garantido pela lei.

Jornal Midiamax