Polícia

Mulher é presa ao ser flagrada com 5 kg de haxixe marroquino avaliado em mais de R$ 15 mil

Uma mulher de 20 anos foi presa por policiais da Defron (Delegacia Especializada de Repressão de Crimes da Fronteira) por tráfico de drogas, após ser flagrada com cinco quilos de haxixe marroquino. A prisão foi realizada durante abordagem a um ônibus na MS-289, em Amambai, a 352 quilômetros de Campo Grande. O haxixe marroquino é […]

Dayene Paz Publicado em 22/01/2021, às 11h08

Droga seria levada para Coronel Sapucaia | Imagem: Divulgação
Droga seria levada para Coronel Sapucaia | Imagem: Divulgação - Droga seria levada para Coronel Sapucaia | Imagem: Divulgação

Uma mulher de 20 anos foi presa por policiais da Defron (Delegacia Especializada de Repressão de Crimes da Fronteira) por tráfico de drogas, após ser flagrada com cinco quilos de haxixe marroquino. A prisão foi realizada durante abordagem a um ônibus na MS-289, em Amambai, a 352 quilômetros de Campo Grande. O haxixe marroquino é considerado um dos mais famosos em países da Europa. Cada quilo vale aproximadamente R$ 3,2 mil.

Na quarta-feira (20) os policiais da Defron realizavam bloqueio na rodovia MS-289, quando pararam um ônibus que fazia o trajeto de Coronel Sapucaia a Dourados. Ao realizar vistoria no interior do veículo, foram localizados os entorpecentes na bolsa da mulher. Aos policiais, ela disse ter sido contratada para levar a droga de Coronel Sapucaia até Dourados.

A mulher foi levada para a delegacia de Polícia Civil, sendo autuada em flagrante pelo crime de tráfico de drogas. Ela está à disposição da justiça no presidio estadual de Amambai.

O haxixe (substância extraída da maconha) marroquino é considerado um dos mais famosos em países da Europa por sua qualidade, procurado em larga escala. Cada quilo custa aproximadamente 500 euros, ou seja, mais de R$ 3,2 mil no Brasil.

Jornal Midiamax