Polícia

Mula do tráfico é presa puxando supermaconha da fronteira para Campo Grande

Com apoio de cão farejador, o Batalhão de Choque da Polícia Militar aprendeu 5,3 quilos de Skank, supermaconha com alto teor de concentração do princípio ativo, na noite deste sábado (13), em Campo Grande. A droga, avaliada em aproximadamente R$ 9 mil, era transportada por uma mulher que foi presa em flagrante. Durante fiscalização no […]

Renan Nucci Publicado em 14/02/2021, às 11h33

Cão do Batalhão de Choque com a droga apreendida. Foto: Divulgação
Cão do Batalhão de Choque com a droga apreendida. Foto: Divulgação - Cão do Batalhão de Choque com a droga apreendida. Foto: Divulgação

Com apoio de cão farejador, o Batalhão de Choque da Polícia Militar aprendeu 5,3 quilos de Skank, supermaconha com alto teor de concentração do princípio ativo, na noite deste sábado (13), em Campo Grande. A droga, avaliada em aproximadamente R$ 9 mil, era transportada por uma mulher que foi presa em flagrante.

Durante fiscalização no âmbito da Operação Hórus, a equipe do canil abordou um ônibus que vinha de Ponta Porã, município localizado na fronteira com o Paraguai, a 346 quilômetros de Campo Grande. Na ocasião, os policiais avistaram que a suspeita, de 52 anos, tentou se livrar de uma mala que estava na poltrona.

Ela foi abordada e, ao verificarem a bagagem, com ajuda do cão, os policiais constataram haver várias embalagens de maconha. Questionada, a mulher disse ter sido contratada para buscar o material em Ponta Porã, para entregar na Capital. Ela recebeu voz de prisão e foi encaminhada a uma unidade da Polícia Civil, onde foi autuada.

Jornal Midiamax