Polícia

Motorista de ônibus é suspeito de assediar passageira após parar veículo em local ermo

Nesta terça-feira (26), mulher de 33 anos procurou a polícia para denunciar motorista de ônibus de terceirizada, que faz o transporte de funcionários de uma empresa de Campo Grande. Em dois dias diferentes ele teria deixado a vítima por último e parado o veículo em um local ermo, onde a importunou. Segundo relato da vítima, […]

Renata Portela Publicado em 26/01/2021, às 13h46

Vítima prestou depoimento na Deam (Arquivo, Midiamax)
Vítima prestou depoimento na Deam (Arquivo, Midiamax) - Vítima prestou depoimento na Deam (Arquivo, Midiamax)

Nesta terça-feira (26), mulher de 33 anos procurou a polícia para denunciar motorista de ônibus de terceirizada, que faz o transporte de funcionários de uma empresa de Campo Grande. Em dois dias diferentes ele teria deixado a vítima por último e parado o veículo em um local ermo, onde a importunou.

Segundo relato da vítima, ela sai do trabalho de madrugada e pega o ônibus da empresa para chegar em casa. No dia 10 de janeiro, o motorista teria deixado a mulher por último e, antes de chegar na casa, parou em um ponto e apagou as luzes do veículo. Além disso, fez perguntas de cunho sexual para a vítima e questionou se ela ‘ficaria’ com ele.

A mulher chegou a responder que não e que não tinha medo de nada, era temente somente a Deus. O homem então ligou as luzes e levou a vítima para casa. Já na madrugada de domingo (24), a vítima novamente pegou a condução para casa e o suspeito a deixou por último. No entanto, desviou o caminho e parou em um local ermo, onde se insinuou para a vítima.

Ele chegou a se aproximar da mulher, mas ela afirmou que não queria e o suspeito então dirigiu até a casa dela. A vítima afirma que se sentiu humilhada e comunicou as empresas sobre a atitude do funcionário. O caso é tratado com importunação sexual e é investigado pela Polícia Civil.

Jornal Midiamax