Polícia

Motorista atropela e mata atual marido da ex e deixa bebê de 2 meses em estado grave

A criança foi arremessada do carrinho e sofreu traumatismo craniano

Renata Portela Publicado em 14/04/2021, às 14h41

Carro usado pelo autor no atropelamento foi apreendido
Carro usado pelo autor no atropelamento foi apreendido - (Foto: Idest)

Na tarde de terça-feira (13), homem de 30 anos morreu vítima de atropelamento em Rio Verde de Mato Grosso, cidade a 194 quilômetros de Campo Grande e a filha, uma bebê de aproximadamente 2 meses, está em estado grave. O ex-marido da mulher da vítima, um homem de 51 anos, teria cometido o atropelamento de propósito e é procurado pela polícia.

Segundo as informações da Polícia Civil, o acidente aconteceu por volta das 17h30, na Rua Rio Grande do Sul naquele município. O casal – homem de 30 anos e mulher de 36 anos – andava pela rua com a bebê de dois meses no carrinho. Em determinado momento, o ex-marido da mulher teria visto a família e avançado com o carro, um Uno vermelho, atingindo as vítimas.

Após o atropelamento, o autor fugiu do local. O homem de 30 anos foi socorrido pelo Samu (Serviço de Atendimento Médico de Urgência) em estado grave e não resistiu aos ferimentos, morrendo no hospital. Já a bebê foi levada por uma testemunha ao hospital, com a mãe. Conforme informações de testemunhas, a criança foi arremessada do carrinho e caiu no chão.

Com o impacto da queda, a criança teve traumatismo cranioencefálico e vários ferimentos graves. Ela foi transferida em vaga zero para a Santa Casa de Campo Grande e, como a mãe estava em estado de choque, não teria conseguido acompanhar a bebê. A mulher passou por acompanhamento com psicóloga e o caso é investigado.

Testemunhas informaram quem seria o autor do crime, o ex-marido da vítima de 51 anos. A princípio ele não aceitava o fim do relacionamento, muito menos o fato de que o homem de 30 anos tinha começado a morar junto com a ex-mulher, desde o nascimento da bebê. Ainda na terça-feira, o carro dele foi encontrado abandonado em uma fazenda e apreendido.

Equipes da Polícia Civil e Polícia Militar seguem em diligências, buscando pelo autor que ainda pode ser preso em flagrante. O caso é tratado como tentativa de feminicídio e o autor também vai responder pelo homicídio.

(O nome da vítima de homicídio não foi divulgado para preservar a mulher e a bebê)

Jornal Midiamax