Polícia

Morto com tiro no peito foi assassinado por dívida de conta de luz

Dívida de conta de luz seria em torno de R$ 1 mil

Thatiana Melo e Dayene Paz Publicado em 20/05/2021, às 08h31

Rua onde aconteceu o assassinato
Rua onde aconteceu o assassinato - (Henrique Arakaki, Midiamax)

Bruno Matos de Oliveira de 19 anos que acabou assassinado a tiros na noite desta quarta-feira (19), no bairro Sírio Libanês em Campo Grande depois de uma briga por causa de uma conta de luz, segundo uma testemunha que conversou com o Jornal Midiamax.

Segundo um morador do bairro que não quis se identificar, era a primeira vez que Bruno estava visitando a casa da sogra quando houve a briga entre o autor de aproximadamente 30 anos, que já teria sido identificado. A confusão era com outro familiar da namorada de Bruno, sendo que ele foi tentar apartar a briga depois de ver a namorada sendo empurrada.

Nisso, o autor acabou disparando um tiro que acertou a vítima no peito. O Corpo de Bombeiros chegou a ser acionado, mas o rapaz morreu no local. A testemunha disse que a briga seria por causa de uma conta de luz, e que o valor seria em torno de R$ 1 mil, mas que não sabia dizer de quem seria a dívida na casa ou se era do autor.

A sogra de Bruno não quis falar com a imprensa já que estava muito abalada ainda com o crime. O autor fugiu em seguida e não há informações se ele já foi localizado. 

Jornal Midiamax