Polícia

Morador é autuado por atear fogo em toco de árvore na frente de casa

O infrator afirmou que tinha autorização ambiental

Diego Alves Publicado em 21/09/2021, às 19h44

Divulgação, PMA
Divulgação, PMA

Um aposentado foi autuado por incêndio em toco de árvore em frente sua residência, cuja fumaça prejudicava vários vizinhos em Bonito, cidade a 297 quilômetros de Campo Grande. A autuação foi feita pela PMA (Polícia Militar Ambiental).

Moradores do bairro BNH telefonaram para a Polícia Militar Ambiental da cidade, no intuito de saber se a operação Prolepse de combate e prevenção aos incêndios, que também tem vertente aos incêndios urbanos, poderia ter ação relativa a incêndio em um toco de árvore na rua, provocando muita fumaça.

Ainda de acordo com a polícia, moradores afirmavam que um homem incendiava o toco em frente de sua residência e a fumaça estava causando muitos incômodos aos vizinhos, até porque ele havia colocado material combustível no produto lenhoso. A PMA foi ao local e chegou no momento em que o infrator estava incendiando o toco no dia (19) às 18h40 e realmente foi constatada muita fumaça.

À PMA, o infrator afirmou que tinha autorização ambiental para a derrubada da árvore e que a localizaria e apresentaria, porém, não tinha para realizar o fogo. Ele afirmou que estava queimando o toco para realizar o plantio de outra árvore no local. A equipe extinguiu o fogo. Nesta segunda-feira (20), depois de verificada a licença para o corte da árvore que foi apresentada pelo morador, pois se não houvesse haveria o crime e geraria outra multa, o aposentado de 71 anos foi autuado administrativamente e foi multado em R$ 400.

Jornal Midiamax