Polícia

Mineração de Ouro: PF e Receita cumprem mandados de investigação do STJ no TCE-MS

Mandados são cumpridos em Campo Grande e Sidrolândia, além de Brasília

Thatiana Melo Publicado em 08/06/2021, às 07h37

None
(Henrique Arakaki, Midiamax)

Foi deflagrada na manhã desta terça-feira (8), pela Polícia Federal junto da Receita Federal, a Operação Mineração de Ouro, com cumprimento de 20 mandados de busca e apreensão em Campo Grande, Sidrolândia e Brasília, no Distrito Federal.

As investigações tiveram início a partir de informações obtidas no âmbito da Operação Lama Asfáltica. Foi apurado o envolvimento de servidores públicos do Estado do Mato Grosso do Sul com um grupo de empresários em fraudes relacionadas a procedimentos licitatórios, obras superfaturadas e desvio de recursos públicos.

Durante as investigações apurou-se irregularidades na apreciação e julgamento de processos relativos à empresa detentora da concessão dos serviços de coleta de lixo e de tratamento de resíduos no município de Campo Grande.

Como alguns alvos tem prerrogativa de foro, os elementos probatórios foram encaminhados ao Superior Tribunal de Justiça, que autorizou a instauração de inquérito para apurar o possível envolvimento de membros do Tribunal de Contas do Estado de Mato Grosso do Sul nos crimes investigados.

Nome da operação

O nome da operação decorre de indícios de que a aquisição de direitos relacionados a mineração tenha sido utilizada para lavagem de dinheiro.

Jornal Midiamax