Polícia

Menina de 7 anos é estuprada por pastor durante obra em casa de Campo Grande

O pastor estava fazendo um serviço de reforma na casa da família

Thatiana Melo Publicado em 21/10/2021, às 07h19

None
(Ilustrativa)

Acusado de estuprar uma menina, de 7 anos, filha de uma família que frequentava a igreja onde pregava, um pastor acabou preso e condenado em Campo Grande. A menina foi abusada durante uma reforma na sua casa.

O pastor era conhecido da família da vítima e estava fazendo a troca de piso na residência, quando teria atraído a criança até a lavanderia da casa, a despido e estuprado. Segundo o depoimento especial da menina, o fato ocorreu mais de uma vez durante a reforma da casa. 

A menina contou que ao ser chamada pelo homem para ir até a lavanderia achou que ele não iria fazer nada, já que ele era pastor da igreja dela. A criança disse que ainda tentou se livrar do autor, mas ele a segurou com força e a estuprou. 

O crime, que aconteceu em 2014, teve sua sentença definitiva publicada em Diário da Justiça deste mês, onde o autor foi condenado a 8 anos de reclusão em regime semiaberto, com o pagamento de R$ 1 mil de indenização à vítima. A defesa entrou com recurso, mas teve o pedido negado mantendo-se a condenação. 

Jornal Midiamax