Polícia

Justiça aceita denúncia contra homem que comprou munições para vender em conveniência

Autor foi flagrado em 2019 pelo DOF portando 100 munições que admitiu que colocaria à venda em loja de Fátima do Sul

Humberto Marques Publicado em 23/06/2021, às 14h18

Fórum da Justiça Federal em Dourados
Fórum da Justiça Federal em Dourados - Arquivo/Midiamax

A 1ª Vara Federal de Dourados acatou denúncia contra um comerciante de 43 anos de Fátima do Sul –a de Campo Grande– que foi preso em flagrante com cerca de 100 munições calibre .22 sem autorização. As balas seriam comercializadas na conveniência do detido.

Conforme publicado no Diário de Justiça Nacional, o autor foi flagrado pelo DOF (Departamento de Operações de Fronteira) em 12 de junho de 2019, por volta das 17h30, na MS-379, em Dourados, portando as munições. Às autoridades, ele admitiu que comprou a mercadoria no Paraguai sem autorização e a revenderia na conveniência.

Diante da confissão e de documentos anexados à denúncia do MPF (Ministério Público Federal), como auto de prisão e laudo de perícia, bem como da ausência de causas para extinção de punibilidade, o juiz federal responsável recebeu a denúncia e determinou a tomada de procedimentos pelo acusado para constituir defesa.

Jornal Midiamax