Polícia

Investigado por sonegação de R$ 1 bilhão, empresário é preso em MS com ajuda de drones

Foi preso nesta terça-feira (16), na cidade de Ladário a 426 quilômetros de Campo Grande, um empresário do ramo de café investigado por sonegação de impostos. A Operação Expresso foi deflagrada pela Polícia Civil do Paraná, com cumprimento de 35 mandados de prisão temporária, 124 de busca e apreensão e 61 de sequestro de bens […]

Thatiana Melo Publicado em 17/03/2021, às 08h21 - Atualizado em 18/03/2021, às 09h21

(Divulgação PC)
(Divulgação PC) - (Divulgação PC)

Foi preso nesta terça-feira (16), na cidade de Ladário a 426 quilômetros de Campo Grande, um empresário do ramo de café investigado por sonegação de impostos. A Operação Expresso foi deflagrada pela Polícia Civil do Paraná, com cumprimento de 35 mandados de prisão temporária, 124 de busca e apreensão e 61 de sequestro de bens em 39 cidades dos estados do Paraná, Minas Gerais, São Paulo, Espírito Santo e Mato Grosso do Sul.

O empresário de 60 anos é proprietário de um grupo empresarial do ramo industrial de café em grãos do Paraná, suspeito de praticar crime de sonegação de impostos e organização criminosa. A operação investigava a sonegação de R$1 bilhão em impostos.

A prisão foi efetuada em uma fazenda na região da APA Baía Negra, após um drone da Polícia Civil mapear a área e monitorar o local. O preso será encaminhado ao Presídio de Corumbá, onde ficará à disposição da justiça.

Jornal Midiamax