Polícia

Homem é preso em flagrante por maus tratos contra animal

A vigilância sanitária foi acionada para recolher o animal

Diego Alves Publicado em 11/06/2021, às 23h34

Divulgação/ Polícia Civil
Divulgação/ Polícia Civil

Um homem de 66 anos foi preso em flagrante por maus tratos contra animal doméstico nesta sexta-feira (11) em Brasilândia, cidade a 366 quilômetros de Campo Grande.

De acordo com a polícia, a prisão ocorreu após a constatação que o homem mantinha em sua casa um cão doente, diagnosticado com leishmaniose, sem o devido tratamento veterinário, o que acabou por debilitar a saúde do animal, que já não se alimentava nem se locomovia direito.
Ainda segundo a polícia, o cão estava bastante magro, debilitado, e mal conseguia se levantar quando foi realizado o exame médico para atestar sua condição de saúde.

A vigilância sanitária foi acionada para recolher o animal, pois o proprietário afirmou não ter condições financeiras para arcar com o tratamento veterinário. O dono do animal foi encaminhado para a delegacia de polícia e autuado. Com a alteração na legislação ocorrida no ano passado, maltratar animais domésticas (cães e gato) passou a ser crime com pena de 2 a 5 anos de reclusão.

A Polícia Civil solicita que que tenha informações sobre maus tratos animais, crimes de posse ou porte de armas e fogo, drogas ou furtos e roubos que encaminhe denuncia para a Delegacia de Brasilândia via WhtasApp (67 999879169 ou 67 999195990). O sigilo é absoluto.

Jornal Midiamax