Polícia

Família fica em choque após ver pitbull invadir quintal de casa e matar pinscher

Dono do animal não atendeu os policiais

Renata Portela Publicado em 08/09/2021, às 13h12

Imagem ilustrativa
Imagem ilustrativa

Nesta quarta-feira (8), idosa de 60 anos procurou a delegacia, horas após ter o cachorro de estimação, um pinscher, morto pelo pitbull que pertence ao vizinho. Ela é moradora no Jardim Colibri e, segundo a polícia, ficou em estado de choque com o ocorrido.

Conforme o registro, a vítima se mudou para o local com o marido há pouco tempo. O vizinho tem dois cachorros, sendo um pitbull, e todas as manhãs abre o portão de elevação, deixando os animais saírem sem focinheira pela rua.

Por volta das 6 horas desta quarta-feira, o suspeito abriu o portão, quando o pitbull saiu correndo e entrou no quintal da casa da vítima, atacando o pinscher de estimação. O animal atacado não resistiu aos ferimentos e morreu. A neta das vítimas estava ao lado do cachorrinho e também quase foi atacada.

A vítima e o marido, também idoso, ficaram em estado de choque. Eles acionaram a Polícia Militar, que foi até o local. Os policiais chamaram pelo morador que é dono do cachorro, mas ele não atendeu. Assim, as vítimas foram aconselhadas a procurar a delegacia.

O caso é tratado inicialmente como omissão de cautela na guarda ou condução de animais e deve ser investigado pela Decat (Delegacia Especializada de Repressão aos Crimes Ambientais e de Atendimento ao Turista).

Jornal Midiamax