Polícia

Entreposto de maconha que funcionava na frente à escola na fronteira é fechado

Operação da Defron aconteceu em parceria com policiais do Rio Grande do Sul

Marcos Morandi Publicado em 27/08/2021, às 06h52

Traficantes usavam residência em distrito de Ponta Porã
Traficantes usavam residência em distrito de Ponta Porã - Defron

A Polícia Civil, por meio da Defron (Delegacia Especializada de Repressão aos Crimes de Fronteira), durante instrução ministrada a Delegados e Comissários de Polícia do Estado do Rio Grande do Sul, fecha entreposto localizado em frente a uma escola estadual de Sanga Puitã, em Ponta Porã.

Segundo o delegado Rodolfo Daltro, responsável pela Defron, no local foram apreendidos 202.180 quilogramas de maconha, uma arma de fogo. Ao realizar abordagem ao local, indivíduos que se encontravam em um Fiat Uno, cor branca, conseguiram fugir para o lado paraguaio.

Outra equipe, integrada, também, por policiais civis do Rio Grande do Sul, adentraram ao imóvel e flagram dois indivíduos próximos a fardos de maconha. Um deles, conhecido como Monstrão do Crime, trata-se de foragido com muitas passagens criminais.

Próximo de onde se encontravam os fardos de maconha os policiais encontraram um revólver calibre 38, municiado, que foi dispensado pelo morador do imóvel ao visualizar a aproximação dos policiais.

Jornal Midiamax