Polícia

Crime passional pode ter motivado execução de empresário brasileiro na fronteira com MS

O empresário Thiago Rodrigo Vieira Dos Santos Padilla, de 35 anos, que foi assassinado na noite de terça-feira (2), em Salto del Guairá, cidade paraguaia que faz fronteira com Mundo Novo, foi assassinado com vários tiros na cabeça. Uma das linhas de investigação da polícia seria crime passional. Informações passadas para o site Extra, dois […]

Thatiana Melo Publicado em 04/02/2021, às 09h44 - Atualizado às 13h31

(Foto: ABC Color)
(Foto: ABC Color) - (Foto: ABC Color)

O empresário Thiago Rodrigo Vieira Dos Santos Padilla, de 35 anos, que foi assassinado na noite de terça-feira (2), em Salto del Guairá, cidade paraguaia que faz fronteira com Mundo Novo, foi assassinado com vários tiros na cabeça. Uma das linhas de investigação da polícia seria crime passional.

Informações passadas para o site Extra, dois homens que estavam em uma motocicleta esperavam pelo empresário do lado de fora e quando Thiago saiu do local foi atingido por vários tiros na cabeça por um dos pistoleiros. Em seguida a dupla fugiu e a polícia procura pelos assassinos.

Imagens de câmeras do circuito interno da padaria estão sendo analisadas na tentativa de se chegar aos autores do crime. Uma das linhas de investigação da polícia é de crime passional, e apontam para a ex-companheira da namorada da vítima como principal suspeita, uma vez que já haveria uma ameaça envolvida.Crime passional pode ter motivado execução de empresário brasileiro na fronteira com MS

O atentado aconteceu por volta das 19 horas de terça (2) ao lado do prédio do Poder Judiciário, que fica a cerca de 50 metros do local na Avenida Paraguai.

Jornal Midiamax