Polícia

Criança de 2 anos é baleada na cabeça durante tiroteio em festa na fronteira

Outras três pessoas foram feridas por tiros e ambulância com feridos ainda se envolveu em acidente

Dayene Paz Publicado em 23/05/2021, às 13h19

Ambulância que seguia com vítima se envolveu em acidente durante percurso
Ambulância que seguia com vítima se envolveu em acidente durante percurso - Imagem: Ponta Porã News

Quatro pessoas, entre elas uma criança de dois anos de idade, foram feridas por tiros na madrugada deste domingo (23), em uma festa de aniversário. O caso aconteceu na cidade paraguaia de Capitan Bado, que faz fronteira com Coronel Sapucaia, município distante cerca de 380 quilômetros de Campo Grande. Uma ambulância que seguia com alguns feridos chegou a se envolver em um acidente no percurso.

Informações são de que houve uma discussão entre o dono da festa, um agricultor de 39 anos, com outro homem identificado como Juan Propício Menezes. Em determinado momento da discussão, Juan sacou o revólver e atirou nos convidados da festa. O motivo da discussão não foi informado.

O agricultor foi ferido com um tiro na boca que saiu pela nuca. Ele foi encaminhado para um hospital particular em estado grave. A criança de dois anos foi atingida na cabeça e encaminhada para uma UTI em Assunção, no Paraguai. Um mecânico de 18 anos também foi baleado no rosto e não corre risco de morte. Outro homem de 39 anos foi atingido de raspão.

Durante o percurso com algumas vítimas para a cidade de Pedro Juan Caballero, uma ambulância da prefeitura de Capitan Bado acabou tombando ao desviar de um animal na MS-386, entre Amambai e Ponta Porã. Não houve vítimas graves nesse acidente e os feridos foram socorridos pelo Corpo de Bombeiros da cidade de Amambai.

Informações do Ponta Porã News são de que Juan Propício era procurado pela Justiça paraguaia por homicídio e e tentativa de homicídio. O caso será investigado pela Polícia Naiconal do Paraguai.

Jornal Midiamax