Polícia

Contratado como ‘guarda-roupa’, homem acaba preso com droga que seria enviada pelos Correios

Ele recebia R$ 1 mil para guardar maconha que seria distribuída para outros estados

Thatiana Melo Publicado em 13/10/2021, às 08h59

None
(Ilustrativa)

Passa, nesta quarta-feira (13), por audiência de custódia, homem flagrado com 39 quilos de maconha guardados em uma casa, no bairro Novo Amazonas, em Campo Grande. A droga estava embalada a vácuo em caixas que seriam despachadas pelos Correios.

André da Silva Fontes, de 30 anos, acabou preso por volta das 15 horas de domingo (10), quando pulava o muro da casa onde estava a maconha. Os policiais o abordaram e entraram na residência, encontrando vários tabletes de maconha, além de sementes da droga que estavam embaladas.

Na casa, havia duas caixas com maconha que seriam despachadas para Pernambuco. André disse aos policiais que recebia R$ 1 mil para guardar a maconha — que depois seria distribuída para outros estados. Ainda foram localizados na residência balança de precisão e petrechos para a droga.

André ainda disse que já havia cumprido pena por crime de tráfico de drogas.

Jornal Midiamax