Polícia

Cliente é presa ao dar golpe do PIX em pet shop na compra de 14 sacos de ração

Ela alegou que fazia revenda e tinha negociado com a empresa

Renata Portela e Thatiana Melo Publicado em 02/08/2021, às 13h22

Imagem ilustrativa
Imagem ilustrativa

No fim de semana, mulher de 28 anos foi detida em flagrante por estelionato, acusada de aplicar o golpe do PIX em um pet shop de Campo Grande. Ela teria feito compras de mais de R$ 2 mil, mas o valor não chegou a ser depositado na conta da empresa.

Segundo informações da Polícia Militar, equipe foi acionada por volta das 20h40 para ir até o pet shop no Paulo Coelho Machado, onde o funcionário alegava que tinha sofrido um golpe por parte da cliente. A mulher teria feito a compra de grande quantidade de ração, mas o valor do depósito não caiu na conta.

Os militares foram até o endereço indicado, onde a ração foi entregue, e conversaram com o morador. Ele relatou que a autora estava devendo R$ 2 mil e pagou com a ração, sendo 12 sacos de 15 quilos e 2 de 20 quilos, de ração super premium. Ele não sabia do golpe e ajudou os policiais a encontrarem a suspeita.

A mulher foi encontrada no serviço, em uma lanchonete e acabou confessando o crime. No entanto, disse que tinha dinheiro bloqueado na conta e por isso estava fazendo as compras. No interrogatório, ela chegou a dizer que teve a ideia de revender a ração, e que negociou com o pet shop.

Ela foi presa por estelionato e passou por audiência de custódia nesta segunda-feira (2), sendo liberada provisoriamente. Foi determinado recolhimento noturno como medida cautelar diversa da prisão.

Jornal Midiamax