Polícia

Casal é preso em MS por espancar e filmar o próprio filho em situação de tortura

Conselho Tutelar e a Polícia Militar foram acionados para a ocorrência

Diego Alves Publicado em 29/09/2021, às 23h17

Reprodução
Reprodução

Casal foi preso por espancar, torturar e expor o próprio filho em situação vexatória em Ponta Porã, cidade a 313 quilômetros de Campo Grande. As agressões, de acordo com a polícia, ocorreram no último sábado (26).

No vídeo, aparece o pai filmando o menino ensanguentado, dizendo para a criança abaixar as calças, caso contrário ele apanharia mais. O menino aparece chorando muito e com sangramento no nariz e sangue espalhado pelo corpo. A delegada de Polícia Civil, Analu Ferraz, informou que o Conselho Tutelar e a Polícia Militar foram acionados para a ocorrência.

De primeiro momento, o pai não foi localizado, mas depois ele e a mãe foram presos. Ela foi localizada na cidade paraguaia de Sanga Puitã. O casal irá responder por expor crianças à situação constrangedora e vexatória, tortura e lesão corporal.

As imagens são fortes e não serão divulgadas em respeito e para não expor a criança vítima e desamparada, tal como consta no ECA (Estatuto da Criança e do Adolescente).

Jornal Midiamax