Polícia

Carro usado durante perseguição que terminou com bandido morto era furtado

Ladrão foi identificado e tem diversas passagens pela polícia

Danielle Errobidarte Publicado em 25/10/2021, às 16h05

None
(Foto: Ilustrativa)

Foi identificado como Ricardo Carvalho de Araújo, vulgo "Goiano", o ladrão que morreu durante troca de tiros com policiais militares na madrugada desta segunda-feira (25), no Bairro Oliveira. Ele possui dezenas de passagens, incluindo furtos e crimes contra o patrimônio. O veículo era furtado e foram encontrados diversos produtos no interior, também furtados.

Informações passadas são de que os militares faziam rondas pelo bairro, quando viram um carro parado em frente a uma pizzaria, com o porta-malas aberto.

Foi dada ordem de parada para ele, mas o autor entrou no veículo e fugiu em alta velocidade por vários bairros.

Durante a perseguição, os militares deram outra ordem de parada, mas o bandido não obedeceu. Foram feitos disparos contra os pneus do carro. Quando parou o veículo, o bandido desceu e fez disparos contra os policiais, que revidaram. Ele foi atingido e levado até o Hospital Regional, mas acabou não resistindo e morreu.

Os policiais também constataram que o carro era produto de furto, e no interior dele foram localizados diversos produtos sem origem comprovada, além de notas fiscais no nome de uma terceira pessoa.

Ao realizar contato com a pessoa indicada nos documentos que estavam no veículo, este alegou que sua conveniência havia sido arrombada e furtada.

O carro foi encaminhado para a Defurv (Delegacia Especializada de Roubos e Furtos) e o caso será investigado pela 6ª DP (Delegacia de Polícia da Capital).

Jornal Midiamax