Polícia

Carro queimado é encontrado em área rural e pode ter ligação com caso de fuzilado em Campo Grande

Geraldo foi fuzilado com cerca de 60 tiros, no bairro Iracy Coelho III

Thatiana Melo Publicado em 18/04/2021, às 09h28

None
Lugar onde carro queimado foi encontrado

Um carro queimado foi encontrado na noite deste sábado (17), em uma área rural, que fica aos fundos do Jardim Itamaracá, em Campo Grande e teria ligação com a execução de Geraldo Ramos Villa de 36 anjos, que foi assassinado com cerca de 60 tiros de fuzil.

Informações obtidas pelo Jornal Midiamax são de que o carro foi encontrado por volta das 22 horas deste sábado (17) em estrada vicinal de área rural. O veículo passará por perícia para comprovar se estaria envolvido na execução de Geraldo, que foi morto em frente de casa.

A execução aconteceu na noite de sexta-feira (16) quando Geraldo estava guardando a camionete na residência. A esposa de Geraldo contou que ele saiu de casa para guardar a camionete L200 amarela na garagem. Neste momento, foi interceptado por um carro prata HB20 e dois homens saíram de dentro do veículo.

Os suspeitos atiraram várias vezes, quando a mulher de Geraldo correu para os fundos da casa. Ainda de acordo com as informações colhidas no local, foram efetuados mais de 60 disparos de fuzil 556 e 762.

Testemunhas relataram que um familiar de Geraldo teria sido assassinado em Corumbá, por envolvimento com facções criminosas. Geraldo era morador no município e tinha se mudado com a família para Campo Grande.

Passagens

Geraldo já tinha sido preso por homicídio em Corumbá, em 2004. O crime teria sido cometido por Geraldo em 2004 e ele foi preso, mediante mandado de prisão, em 2007. Dois anos depois da prisão, em 2009 o réu foi a júri popular, em setembro daquele ano.

Jornal Midiamax