Polícia

VÍDEO flagra dupla presa após perseguição por tentar roubar em Campo Grande

Perseguição terminou no Monte Castelo e dupla foi presa em flagrante

Dayene Paz Publicado em 24/04/2021, às 12h57

None
Imagem: Divulgação | Midiamax

Câmera de segurança registrou o momento em que a dupla, presa no fim da manhã deste sábado (24), tentava furtar uma motocicleta estacionada na calçada de uma empresa na região do bairro Coronel Antonino, em Campo Grande. Houve perseguição e os dois suspeitos acabaram presos pelo Batalhão de Choque da Polícia Militar.

A câmera flagra o momento em que o suspeito chega, com um capacete em mãos. Ele tenta destravar a moto, mas tem dificuldade, então passa a dar chutes para destravá-la. No entanto, ele é surpreendido pelo dono do comércio e outros funcionários, então disfarça.

Neste momento, ele foge e encontra o comparsa, mas o dono já havia acionado a polícia. Após tomar conhecimento do crime, policiais do Choque iniciaram uma perseguição aos suspeitos, que terminou na rua Rogério Casal Caminha, no Monte Castelo. Um dos suspeitos, conhecido como "Careca", foi preso em casa. Já o comparsa, poucos metros depois, no meio da rua.

A mãe dele, que não terá a identificação divulgada, conversou com a equipe do Jornal Midiamax. Ela revelou que Careca estava em liberdade condicional e que o pai era policial militar. "O pai dele já faleceu, era policial militar, sempre trabalhamos muito, dou todo meu salário para ele, não sei por que foi fazer isso. Não precisava”, lamentou.

Tentativa de furto e prisão

Após a tentativa de furto a motocicleta, a dupla fugiu. Informações são de que um deles estaria armado. De posse das informações, policiais do Choque iniciaram a perseguição que terminou no Monte Castelo. A dupla foi presa na rua Rogério Casal Caminha, um deles em casa, onde também estava a moto utizada na tentativa de furto. A polícia não informou se apreendeu alguma arma de fogo.

Moradores viram a correria no bairro, quando ficaram muito assustados, chegando até a ouvir disparos de arma de fogo. No entanto, a polícia não realizou disparos, conforme as informações iniciais. Alguns vizinhos chegaram até a pedir ajuda no quartel do Corpo de Bombeiros.

Jornal Midiamax