Polícia

Briga de trânsito acaba com disparos feitos por agente penitenciário em Campo Grande

Soldado da PM foi imobilizado e tinha sinais de embriaguez

Thatiana Melo e Dayene Paz Publicado em 30/07/2021, às 09h11

None
(Henrique Arakaki, Midiamax)

Uma suposta briga de trânsito na manhã desta sexta-feira (30), na Avenida Eduardo Elias Zahran, em Campo Grande, acabou em disparos feitos por um agente penitenciário e um homem preso pela polícia. Ele estaria embriagado. Garrafas de cerveja foram encontradas no carro.

Informações passadas para o Jornal Midiamax são de que, um motorista, identificado como um soldado da Polícia Militar, de 29 anos, estaria em um Fiat Argo em zigue-zague pela avenida, discutindo com vários motoristas, que passavam pela via.

O motorista de um Corolla, que vinha logo atrás, contou ao Midiamax que: “Ele estava em zigue-zague, vi quando um carro parou ao lado e ouvi o disparo”. O corretor teria ajudado na imobilização do autor até a chegada da polícia ao local.

O disparo foi feito por um agente penitenciário, que estava em uma Strada. Ele parou ao lado do carro e atirou na janela do veículo. Quando os militares chegaram ao local, detiveram o colega de farda, que desmentiu estar em zigue-zague pela avenida, falando que quando o agente mandou ele parar ele parou e que, mesmo assim, foi feito o disparo contra o carro.

“Só me abaixei”, disse o soldado da PM. O militar vai ser encaminhado para a delegacia onde será feito o teste do bafômetro. O autor apresentava sinais de embriaguez e garrafas de cerveja foram encontradas no carro. O trânsito na região está lento e parte interditado para a perícia fazendo com que os motoristas peguem caminhos alternativos.

Jornal Midiamax