Polícia

Bandido dá ‘mata-leão’ em menino de 12 anos para roubar celular e é preso por pais PMs

Comparsa também foi detido em flagrante

Renata Portela Publicado em 25/11/2021, às 13h29

Imagem ilustrativa
Imagem ilustrativa

Na quarta-feira (24), dois homens foram presos em flagrante após tentarem roubar o celular de um menino de 12 anos, no Jardim Presidente, em Campo Grande. O homem, de 26 anos, acabou detido pelo pai da criança, que é policial militar e viu o assalto.

Segundo o registro policial, a mãe teria pedido para que o menino de 12 anos fosse até a creche buscar o irmão mais novo. A criança saiu de casa com o celular e, já na frente da creche, acabou surpreendida pelo bandido de 26 anos, que deu um golpe ‘mata-leão’ e exigiu o celular da vítima.

No entanto, o pai dos meninos que é policial militar também foi até a creche, para buscar os filhos. Ele percebeu o homem segurando o menino e o deteve em flagrante. O comparsa que observava o local fugiu correndo. A mãe das crianças, que também é PM, foi ao local e fez buscas com o marido após ser solicitado apoio.

O homem de 32 anos foi localizado e, com ele, foi apreendida uma faca dentro da mochila. A criança chegou a contar que durante o assalto o rapaz de 26 anos dizia para o menino não gritar, ou o esfaquearia.

Nesta quinta-feira (25), os dois acusados passaram por audiência de custódia. O de 26 anos teve a prisão preventiva decretada, após confessar no interrogatório que andava pela rua com o amigo, catando latinhas, quando viu o menino com o celular na mão e decidiu cometer o assalto.

Já o homem de 32 anos foi liberado com uso de tornozeleira eletrônica. Para a polícia, ele disse que não tinha nenhum envolvimento com o roubo e que o crime tinha sido ideia do amigo.

Jornal Midiamax