Polícia

Babá procura delegacia após ser encurralada por porteiro que a assediou

Babá estava no telefone quando foi surpreendida pelo porteiro

Thatiana Melo e Dayene Paz Publicado em 27/05/2021, às 10h50

None
(Henrique Arakaki, Midiamax)

Uma babá de 32 anos procurou a Deam (Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher) nesta quarta-feira (26), depois de ser encurralada pelo porteiro do prédio, onde trabalha, no bairro São Francisco, em Campo Grande, que a assediou.

Ela contou na delegacia que o crime aconteceu no dia 22 deste mês, e que trabalha no prédio cuidando de duas crianças, sendo que no dia do crime a tia das crianças chegou e iria levar um dos meninos e que ela desceu para entregar a criança.

Depois da mulher sair com o sobrinho, a babá se deu conta de ter esquecido o celular em cima do carro e teria ido até a portaria para pedir a lista dos moradores ao porteiro e um telefone emprestado para poder fazer a ligação.

Quando estava ao telefone, ela disse que foi encurralada pelo homem que esfregou o órgão genital dele nas nádegas dela. Ela ficou assustada e saiu correndo para o apartamento. O caso foi registrado como importunação sexual.

Jornal Midiamax