Polícia

Ao fugir da PM na contramão, motorista é preso com 644 munições na MS-267

Motorista, de 51 anos, foi preso na tarde desta segunda-feira (15) ao fugir da Polícia Militar na contramão da MS-267, em Jardim, distante 239 km da Capital. Ele estava com passageiro em uma caminhonete VW Amarok e confessou ter usado cocaína. Conforme informações do registro policial, os dois saíram na Amarok, que não tinha placas […]

Danielle Errobidarte Publicado em 16/02/2021, às 07h59

(Ilustrativa)
(Ilustrativa) - (Ilustrativa)

Motorista, de 51 anos, foi preso na tarde desta segunda-feira (15) ao fugir da Polícia Militar na contramão da MS-267, em Jardim, distante 239 km da Capital. Ele estava com passageiro em uma caminhonete VW Amarok e confessou ter usado cocaína.

Conforme informações do registro policial, os dois saíram na Amarok, que não tinha placas traseiras, de uma estrada vicinal que dá acesso ao Assentamento Tupã-Ciretrã, em Jardim. Eles teriam ultrapassado veículos em alta velocidade e aparentavam estar em fuga.

Em seguida, policiais militares avistaram a caminhonete a cerca de 12 km da área urbana. Quando percebeu a presença das viaturas, o motorista teria feito ultrapassagem pelo acostamento e quase capotado.

Após a ultrapassagem, o motorista teria dado de frente com os policiais, recebendo ordem de parada. Além de desobedecer, ele ainda teria jogado a caminhonete em cima dos agentes, e só parado após quatro disparos de fuzil para cima.

Na cintura do motorista, foi encontrado um revólver calibre .44 com seis munições intactas. Nos pés dele, estavam 10 caixas com 50 munições de pistola calibre 9 mm, 2 caixas com 50 munições de calibre 357 e 1 caixa com 38 munições de calibre 38.

O motorista relatou não possuir registro do revólver e nem notas fiscais das munições. Além disso, ele confessou ter feito uso de cocaína e pasta base no período da manhã. O autor foi encaminhado até a DP (Delegacia de Polícia) de Jardim e responderá por porte ilegal de arma e dirigir sob efeito de drogas.

Jornal Midiamax