Polícia

Agredido por 4, chapeiro procura a polícia após acabar ferido e com dentes quebrados em MS

Confusão ocorreu durante a madrugada deste domingo, no centro de Campo Grande

Renan Nucci Publicado em 11/04/2021, às 07h12

Depac Centro fica na Rua Padre João Crippa, em Campo Grande
Depac Centro fica na Rua Padre João Crippa, em Campo Grande - Arquivo

Chapeiro de 36 anos procurou a Polícia Civil para denunciar crime de lesão corporal, depois de supostamente ser agredido por quatro indivíduos durante a madrugada deste domingo (11), na Avenida Afonso Pena, em Campo Grande.

A vítima disse que por volta da 1 hora, havia saído da lanchonete em que trabalha e voltava para a casa, quando foi abordado pelo grupo que, segundo ele, teria se identificado como servidores da Guarda Civil Metropolitana.

Na ocasião, os supostos guardas teriam questionado os motivos pelos quais o chapeiro estava na rua naquele horário, descumprindo o toque de recolher. Em seguida, passaram a agredi-lo com socos, pontapés e empurrões.

Ele conseguiu chegar até à Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) do Centro, onde registrou boletim de ocorrência. Consta que ele tinha ferimentos no rosto, na perna e alguns dentes quebrados. A vítima manifestou interesse em representar criminalmente e foi solicitado exame de corpo de delito.

Jornal Midiamax