Polícia

Aeronave militar que caiu em Campo Grande foi totalmente destruída por incêndio

O piloto foi socorrido após se ejetar do avião

Renata Portela e João Ramos Publicado em 13/09/2021, às 13h33

Aeronave foi destruída pelas chamas e piloto socorrido
Aeronave foi destruída pelas chamas e piloto socorrido - (Foto: Via WhatsApp)

Equipes da Polícia Militar fecharam o perímetro onde a aeronave militar, tipo Tucano, caiu em uma área de fazenda no Indubrasil, em Campo Grande. Após apresentar algum problema, ainda não identificado, o piloto conseguiu se ejetar do avião, que acabou caindo em uma propriedade rural. Ele foi socorrido, mas ainda não há informações sobre seu estado de saúde. 

Conforme informações repassadas ao Jornal Midiamax pelo sargento Maurício Lima, da Polícia Militar, a FAB (Força Aérea Brasileira) acionou o 190, informando sobre a queda da aeronave. Com isso, equipes da PM foram acionadas para cercarem o perímetro, até a chegada da FAB.

Ainda conforme o militar, o incêndio nas proximidades do local onde o avião caiu foi extinguido pelo Corpo de Bombeiros, bem como o fogo que atingiu e destruiu a aeronave. O piloto foi socorrido e ainda não há detalhes sobre seu estado de saúde.

É aguardada perícia que será feita pela FAB, para identificar as causas do acidente. De acordo com o sargento Lima, os funcionários da fazenda foram os primeiros a prestarem atendimento após o acidente. Eles ainda tentam apagar as chamas na região e também jogam água para evitar que o fogo se espalhe pela fazenda.

A princípio, uma área de mais de 10 hectares foi queimada. Polícia Civil e Infraero (Empresa Brasileira da Infraestrutura Aeroportuária) também estão no local. A reportagem entrou em contato com a assessoria de imprensa da FAB para mais informações sobre o acidente e aguarda retorno. 

Jornal Midiamax