Polícia

Advogado é executado a tiros dentro de comércio na fronteira

Um advogado e comerciante identificado como Arlindo Icassati Duarte de 43 anos, foi executado a tiros neste sábado (2) em seu comércio no Bairro San Neuman em Pedro Juan Caballero, cidade paraguaia vizinha a sul-mato-grossense Ponta Porã, na fronteira entre Brasil e Paraguai. Segundo informações, os pistoleiros chegaram de carro entraram armados no local e […]

Diego Alves Publicado em 02/01/2021, às 21h20

Comércio onde ocorreu o crime
Comércio onde ocorreu o crime - Comércio onde ocorreu o crime

Um advogado e comerciante identificado como Arlindo Icassati Duarte de 43 anos, foi executado a tiros neste sábado (2) em seu comércio no Bairro San Neuman em Pedro Juan Caballero, cidade paraguaia vizinha a sul-mato-grossense Ponta Porã, na fronteira entre Brasil e Paraguai.

Segundo informações, os pistoleiros chegaram de carro entraram armados no local e dispararam diversas vezes contra Arlindo. Atingido na cabeça e no tórax ele caiu e os assassinos ainda efetuaram mais tiros contra a vítima, publicou o site Ponta Porã News.

Ele chegou a ser levado ao Hospital Regional de Pedro Juan Caballero onde já chegou morto. De início, pessoas que estavam no local pensaram que se tratava de um assalto, mas de acordo com as primeiras informações nenhum valor em dinheiro foi levado o que leva a polícia a acreditar em crime de execução.

Jornal Midiamax