Polícia

Adolescente jogou papagaio em churrasqueira e maltratou cachorro em MS

Atos expuseram a existência de um grupo voltado a maus-tratos de animais

Renan Nucci Publicado em 19/04/2021, às 16h12

Papagaio resgatado pelos policiais
Papagaio resgatado pelos policiais - Divulgação

Ação conjunta entre a Polícia Civil e a Polícia Militar de Água Clara, 193 quilômetros de Campo Grande, resultou no resgate de um papagaio e de um cachorro vítimas de maus-tratos cometidos por um adolescente de 13 anos. O garoto foi denunciado por meio de uma ativista nas redes sociais, após divulgação das filmagens do ato infracional.

Conforme as imagens, o adolescente se comunicava e recebia ordens de outros infratores por meio de grupo de bate-papo. Primeiro, ele pega um papagaio e coloca dentro da churrasqueira da casa. Logo depois, insere o órgão sexual na boca do cachorro de estimação. Após tomar conhecimento, a polícia identificou o garoto e foi até a casa dele.

Foram apreendidos um aparelho celular e um computador de propriedade do menor, que confessou imediatamente os maus-tratos. Segundo o mesmo, ele agia instruído por outras pessoas habituadas a tal prática, Disse ainda que em outras duas vezes, balançou o papagaio até que a ave caísse. O garoto foi encaminhado à Delegacia de Polícia.

Ele disse que o grupo ao qual faz parte tem uma hierarquia e quem pratica maus-tratos, pode chegar a ‘cargos de maior importância’. As instruções eram dadas pelos líderes do grupo, que já ocupavam cargos mais altos. Um deles, inclusive, havia matado um gato a pauladas recentemente e filmado a cena. O caso é investigado pela Polícia Civil.

Jornal Midiamax