Polícia

Acusado de incendiar casa com a ex-mulher dentro é preso após tentar negar crime

Ele foi filmado por câmeras de segurança

Renata Portela Publicado em 16/09/2021, às 17h50

Casa foi incendiada pelo autor com a vítima dentro
Casa foi incendiada pelo autor com a vítima dentro - (Divulgação, PCMS)

Nesta quinta-feira (16), homem de 28 anos foi preso preventivamente, por ter incendiado a casa da ex-mulher no início do mês, em Rio Verde de Mato Grosso, a 194 quilômetros de Campo Grande. Ele tentou negar o crime, mas câmeras de segurança flagraram o suspeito.

Conforme as informações da Polícia Civil, a vítima procurou a delegacia duas vezes antes do incêndio, relatando caso de furto e ameaça, que o ex seria o autor. Ela solicitou medida protetiva de urgência, que foi concedida.

Dias depois, a mulher estava em casa quando foi surpreendida pelo incêndio. As chamas tomaram conta da residência, que ficou com a estrutura prejudicada, com risco de desabamento. Vizinhos conseguiram apagar o fogo com ajuda de um caminhão-pipa da prefeitura, antes que as chamas atingissem outras residências.

A Perícia constatou que o incêndio era criminoso e o homem passou a ser considerado suspeito. No entanto, ele negou o crime. Os investigadores conseguiram acesso a imagens de câmeras de segurança da região e viram o suspeito passar no horário do incêndio. Com isso, foi feito pedido da prisão preventiva.

Após o mandado de prisão ser expedido, o homem acabou detido. Além do incêndio, ele vai responder pelo descumprimento de medida protetiva. A princípio, a alegação é de que ele não aceitava o fim do relacionamento.

Jornal Midiamax