Polícia

Veículo é apreendido na MS-289 com 320 Kg de drogas em MS

Nesta quarta-feira (23), o DOF (Departamento de Operação de Fronteira) apreendeu um veículo que estava indo em direção de Ivinhema, município distante 288 quilômetros de Campo Grande, com 320 quilos de drogas. A apreensão aconteceu durante a Operação Hórus. A apreensão aconteceu nesta madrugada e um veículo Renault Logan de cor prata foi apreendido. Dentro […]

Carolina Rocha Publicado em 23/12/2020, às 10h53

Drogas apreendidas do veículo nesta quarta-feira (23). Foto: DOF
Drogas apreendidas do veículo nesta quarta-feira (23). Foto: DOF - Drogas apreendidas do veículo nesta quarta-feira (23). Foto: DOF

Nesta quarta-feira (23), o DOF (Departamento de Operação de Fronteira) apreendeu um veículo que estava indo em direção de Ivinhema, município distante 288 quilômetros de Campo Grande, com 320 quilos de drogas. A apreensão aconteceu durante a Operação Hórus.

A apreensão aconteceu nesta madrugada e um veículo Renault Logan de cor prata foi apreendido. Dentro dele havia 26 fardos prensados de maconha, com peso total de 287,06 quilos e 3 fardos de Skank, com peso total de 34 Kg.

Em parceria da Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública com o Ministério da Justiça e Segurança Pública, a Operação Hórus estava realizando uma ação de um bloqueio policial para fiscalização na rodovia MS-289, região de Amambai.

Ao ser sinalizado para encostar o carro, o condutor desobedeceu e fugiu, em alta velocidade, mesmo com advertência de sinais sonoros e luminosos. Cerca de um quilômetro à frente, no sentido Amambai, o condutor e passageiro, abandonaram o veículo e tentar fugir a pé, no entanto, foram alcançados e detidos pelos policiais.

Ao serem detidos, disseram que foram contratados para pegar o veículo, já com a droga, em um posto de combustível em Coronel Sapucaia, município há 395 quilômetros de Campo Grande, e entregá-lo em Ivinhema, cidade onde os dois infratores residem.

Após apreensão, a ocorrência foi registrada e entregue da Defron (Delegacia Especializada de Repressão aos Crimes de Fronteira, onde os infratores permaneceram à disposição da Polícia Judiciária.

Para quem deseja fazer alguma denúncia, o DOF mantém um canal aberto direto com o cidadão para tirar dúvidas, receber reclamações e denúncias anônimas, através do telefone 0800 647-6300. Não precisa se identificar e, a ligação será mantida em absoluto sigilo. O serviço funciona 24 horas por dia, sete dias por semana.

Jornal Midiamax