Polícia

Um é preso em operação ‘Cosme e Damião’ contra pedofilia e pornografia infantil

Operação contra pornografia infantil, estupro e assédio sexual foi desencadeada em Água Clara, a 193 quilômetros de Campo Grande, sendo que um homem, que não teve a identidade revelada, acabou preso nesta quinta-feira (18). Um outro alvo está foragido. A Operação denominada ‘Cosme e Damião’ foi deflagrada pela Polícia Civil junto do Ministério Público Estadual […]

Thatiana Melo Publicado em 19/06/2020, às 06h44 - Atualizado às 18h38

Foto: ilustrativa.
Foto: ilustrativa. - Foto: ilustrativa.

Operação contra pornografia infantil, estupro e assédio sexual foi desencadeada em Água Clara, a 193 quilômetros de Campo Grande, sendo que um homem, que não teve a identidade revelada, acabou preso nesta quinta-feira (18). Um outro alvo está foragido.

A Operação denominada ‘Cosme e Damião’ foi deflagrada pela Polícia Civil junto do Ministério Público Estadual visando reprimir crimes sexuais envolvendo crianças e adolescentes na cidade. Durante o cumprimento dos mandados de busca e apreensão, um homem acabou preso. Foram encontrados pelos policiais em um computador fotos de conteúdo pornográfico em redes sociais, além de inúmeras conversas de cunho sexual com crianças e adolescentes.

Nos materiais apreendidos tinham fotos de festas em piscinas e os autores ainda usavam locais afastados para realizar as festas levando para o local adolescentes. Os encontros eram marcados por meio de redes sociais e WhatsApp.

Um dos investigados atuava em cargo público, sendo que depois da operação foi determinado o seu afastamento como medida cautelar. Ele está foragido.

Crime

A pena de estupro de vulnerável é de 8 a 15 anos e a de estupro de 6 a 10, sendo ambos os crimes hediondos, nos termos da lei.

Jornal Midiamax