Polícia

Suspeitos de tentativa de roubo de caminhonete são levados para a delegacia

A Força Tática da Polícia Militar abordou os suspeitos de envolvimento em uma tentativa de assalto ocorrida na tarde de quinta-feira (06), em Campo Grande. Eles estavam em uma automóvel Gol na região do Conjunto União, e foram encaminhados à 6ª Delegacia de Polícia Civil de Campo Grande para esclarecimentos. Apenas um, que tinha mandado […]

Renan Nucci Publicado em 07/08/2020, às 13h53 - Atualizado às 14h38

Policiais durante abordagem a veículo dos suspeitos. Foto: Divulgação
Policiais durante abordagem a veículo dos suspeitos. Foto: Divulgação - Policiais durante abordagem a veículo dos suspeitos. Foto: Divulgação

A Força Tática da Polícia Militar abordou os suspeitos de envolvimento em uma tentativa de assalto ocorrida na tarde de quinta-feira (06), em Campo Grande. Eles estavam em uma automóvel Gol na região do Conjunto União, e foram encaminhados à 6ª Delegacia de Polícia Civil de Campo Grande para esclarecimentos. Apenas um, que tinha mandado de prisão em aberto, foi preso.

Conforme noticiado, uma jovem conta que estacionou a camionete que conduzia, quando percebeu um carro próximo e desconfiou que seria assaltada. Então, viu o passageiro empunhar uma arma e decidiu ligar e arrancar. Em seguida foi até a delegacia e esclareceu que havia 3 homens no carro e que já tinha visto tal veículo de manhã. 

Segundo ela, estavam rondando a região da casa dela e por isso suspeitou da tentativa de roubo. Com isso, o caso foi registrado na Polícia Civil como tentativa de roubo majorada pelo concurso de pessoas e pelo emprego de arma. A Polícia Militar recebeu as informações e, durante policiamento nesta sexta, abordou o veículo.

De acordo com o tenente Vinissius Duarte, no carro estavam quatro pessoas, sendo dois jovens, juntamente com o pai e o tio de um deles. No carro havia vários equipamentos de Jardinagem. O tio estava como foragido e foi preso. Um dos jovens foi identificado pela vítima como um dos envolvidos na tentativa. Eles foram encaminhados à Polícia Civil para esclarecimentos.

De acordo com a PM, os jovens se mostraram bastante nervosos durante a abordagem e davam sinais de que tinham intenção de fugir. O pai alegou que os rapazes haviam passado o dia com ele e eles, em outra versão, afirmaram que foram até perto da casa da vítima para observarem uma árvore que supostamente cortariam. O caso é apurado.

Jornal Midiamax