Polícia

Rapaz procura a polícia ao ter perfil falso criado em aplicativo de relacionamento gay

Na noite de quarta-feira (5), rapaz de 20 anos procurou a polícia após descobrir que teve as fotos usadas em um perfil falso no Grindr, um aplicativo de relacionamento gay. O caso aconteceu em Camapuã, cidade a 135 quilômetros de Campo Grande. Conforme o registro, o rapaz descobriu que teve as fotos usadas em um […]

Renata Portela Publicado em 06/08/2020, às 07h36

Imagem ilustrativa
Imagem ilustrativa - Imagem ilustrativa

Na noite de quarta-feira (5), rapaz de 20 anos procurou a polícia após descobrir que teve as fotos usadas em um perfil falso no Grindr, um aplicativo de relacionamento gay. O caso aconteceu em Camapuã, cidade a 135 quilômetros de Campo Grande.

Conforme o registro, o rapaz descobriu que teve as fotos usadas em um perfil falso no Grindr e denunciou o número usado pela pessoa. Além disso, pediu para que amigos conversassem com o perfil falso, para tentar descobrir quem seria.

Assim, usou os prints das conversas para fazer a denúncia e chegou a mandar uma mensagem para a pessoa que criou o perfil falso. No entanto, ao perceber que tinha sido descoberto, o suspeito apagou as contas no aplicativo.

O caso é tratado como preservação de direito.

Jornal Midiamax