Polícia

Por suspeita de traição, homem dá coronhadas e atira contra amigo

Homem de 22 anos foi preso pela Polícia Civil nesta terça-feira (18) em Brasilândia, a 382 quilômetros de Campo Grande, depois de agredir um rapaz de 24 anos com coronhadas e atirar na direção dele. Ele agiu motivado por ciúmes, pois acredita que a esposa de seu irmão está tendo um caso com a vítima, […]

Renan Nucci Publicado em 18/08/2020, às 17h13

Arma apreendida pelos policiais. Foto: Divulgação
Arma apreendida pelos policiais. Foto: Divulgação - Arma apreendida pelos policiais. Foto: Divulgação

Homem de 22 anos foi preso pela Polícia Civil nesta terça-feira (18) em Brasilândia, a 382 quilômetros de Campo Grande, depois de agredir um rapaz de 24 anos com coronhadas e atirar na direção dele. Ele agiu motivado por ciúmes, pois acredita que a esposa de seu irmão está tendo um caso com a vítima, que era amigo deles.

Conforme boletim de ocorrência, o agressor e o irmão, de 23 anos, foram na madrugada de segurança ao encontro da vítima, e a abordaram no ponto de ônibus da empresa em que trabalha. Os irmãos desceram de um Celta, ocasião em que o agressor, que é o de 23 anos, se aproximou da vítima e, segurando uma espingarda, a encurralou.

Eles então questionaram se o rapaz estava tendo um caso com a mulher e, antes que a vítima pudesse explicar, o autor passou a agredi-la, atacando-a com coronhadas e em seguida deu dois tiros no chão, para causar medo. Em seguida, o autor ainda deu um disparo que acertou a vítima no joelho.

A Polícia Militar e a Polícia Civil foram acionadas e identificaram os dois envolvidos e prenderam um deles em casa. Ele confessou a prática do crime, afirmando ter agido por ciúmes, pois, mesmo mantendo um “relacionamento aberto” com a companheira, ficou com ciúmes do fato. O responsável pelos tiros está foragido.

Jornal Midiamax