Polícia

Polícia pede prisão preventiva de trio que sequestrou e agrediu homem em MS

A Polícia Civil em Costa Rica, a 384 quilômetros de Campo Grande, pediu a prisão preventiva do trio acusado de sequestrar e agredir um homem de 48 anos na madrugada desta terça-feira (10). Na delegacia, os acusados alegaram que teriam sido convidados pela vítima para ir até uma festa na cidade de Chapadão do Sul. […]

Dayene Paz Publicado em 11/11/2020, às 11h26 - Atualizado às 11h30

Trio foi preso pela PM. Imagem: Divulgação.
Trio foi preso pela PM. Imagem: Divulgação. - Trio foi preso pela PM. Imagem: Divulgação.

A Polícia Civil em Costa Rica, a 384 quilômetros de Campo Grande, pediu a prisão preventiva do trio acusado de sequestrar e agredir um homem de 48 anos na madrugada desta terça-feira (10). Na delegacia, os acusados alegaram que teriam sido convidados pela vítima para ir até uma festa na cidade de Chapadão do Sul. No entanto, o plano seria roubar a vítima, o que não deu certo após o veículo falhar na estrada.

O delegado titular da DP em Costa Rica, Gustavo Mendes, explicou que um dos autores disse que estava com o outro homem bebendo em um bar, quando a vítima chegou alegando que havia sido agredida na rua e sentou para beber com eles. Em seguida, teria os convidado para ir até uma festa em Chapadão do Sul, ocasião que, conforme a versão deles, passaram para buscar a mulher.

As versões, de acordo com Mendes, são conflitantes. “As versões apresentadas são conflitantes, pois quem sairia quatro horas da manhã de Costa Rica para ir até uma festa em Chapadão do Sul, na madrugada de segunda para terça-feira”, explicou ele ao MS Todo Dia. Dessa forma, representou pela prisão preventiva dos três envolvidos, sendo dois homens e uma mulher.

O crime ocorreu na madrugada desta terça. A PM foi acionada após denúncia de que dois homens e uma mulher estariam agredindo uma pessoa próximo a Fazenda Monarca e que os autores estavam deslocando para Costa Rica. Os militares foram para a rodovia, sentido Chapadão do Sul, quando avistaram três moto taxistas com os três suspeitos. Foi realizada a abordagem e o trio, dois homens de 29 e 18 anos, e uma mulher de 27, foi preso.

Em seguida, a vítima foi encontrada próxima a rotatória da Fazenda Monarca, com lesões no rosto. O homem de 48 anos afirmou que estava na avenida Domingos Afonso Amorim, dentro de seu veículo Fiat/Strada, quando foi surpreendido pelos três autores. O jovem de 18 anos o abordou e anunciou o assalto, fazendo ameaças. Em seguida, os três autores começaram as agressões com tapas e socos contra a vítima, que depois foi colocada do banco de trás do motorista.

Então, o jovem de 18 anos assumiu a condução do automóvel e ficaram rodando na cidade, em lugares ermos, por várias horas. A vítima afirma que os autores continuavam com as agressões e ameaças, quando por volta das 4 horas da madrugada, se deslocaram sentido a Chapadão do Sul. Durante o trajeto, o veículo apresentou falhas mecânicas e antes da rotatória da Fazenda Monarca, o trio abandonou o veículo e a vítima.

Jornal Midiamax