Polícia

Polícia paraguaia apreende 385 quilos de cocaína e aeronave na fronteira com MS

Na manhã desta sexta-feira (10), a polícia paraguaia localizou e apreendeu 385 quilos de cocaína e uma aeronave abandonados na região da Bahia Negra, nas proximidades da fronteira com Mato Grosso do Sul. A ação foi feita com Forças Aéreas, da Marinha e também por terra. A polícia aérea que patrulhava a região localizou a […]

Renata Portela Publicado em 10/04/2020, às 15h39 - Atualizado em 11/04/2020, às 09h39

None

Na manhã desta sexta-feira (10), a polícia paraguaia localizou e apreendeu 385 quilos de cocaína e uma aeronave abandonados na região da Bahia Negra, nas proximidades da fronteira com Mato Grosso do Sul. A ação foi feita com Forças Aéreas, da Marinha e também por terra.

A polícia aérea que patrulhava a região localizou a carga de droga abandonada e passou a vigiar o local, que seria um galpão. Conforme o site Capitan Bado, policiais da Senad (Secretaria Nacional Antidrogas) e agentes da Marinha foram até a região e localizaram o avião com placa boliviana e a carga de cocaína.

Polícia paraguaia apreende 385 quilos de cocaína e aeronave na fronteira com MS
(Foto: Capitan Bado)

O promotor Andrés Arriola ordenou a pesagem, que resultou em 385 quilos da droga. Um telefone via satélite também foi encontrado abandonado no local, mas ninguém foi encontrado. É sabido que o tráfico internacional de cocaína, comandado majoritariamente pelo PCC (Primeiro Comando da Capital), retira a droga da Bolívia, leva de avião ao Paraguai e por terra, pelo Mato Grosso do Sul, insere o entorpecente no Brasil.

Com a droga em território nacional, ela é redistribuída e até levada ao Porto de Santos (SP), de onde chega a outros países.

O presidente paraguaio Marito Abdo celebrou a apreensão em sua página no Twitter. “Nossa luta firme e sem trégua. Tiramos de circulação 385 quilos de cocaína na região da Bahia Negra, com uma operação conjunta entre nossas forças de segurança do Paraguai. Forte Golpe ao crime organizado!”, disse a autoridade na publicação.

https://twitter.com/MaritoAbdo/status/1248654343613620224

Jornal Midiamax