Polícia

Polícia encontra carreta com cigarro próximo de pista de avião em fazenda de MS

O Dracco (Departamento de Repressão à Corrupção e ao Crime Organizado) apreendeu cerca de 24, 5 mil maços de cigarro contrabandeados que estavam na carroceria de um caminhão em uma fazenda localizada na zona rural de Dois Irmãos do Buriti. De acordo com a polícia, a carga é avaliada em R$ 1,5 milhão. A apreensão […]

Diego Alves Publicado em 31/08/2020, às 23h00 - Atualizado às 23h32

Cigarro apreendido (Divulgação, PMR)
Cigarro apreendido (Divulgação, PMR) - Cigarro apreendido (Divulgação, PMR)

O Dracco (Departamento de Repressão à Corrupção e ao Crime Organizado) apreendeu cerca de 24, 5 mil maços de cigarro contrabandeados que estavam na carroceria de um caminhão em uma fazenda localizada na zona rural de Dois Irmãos do Buriti. De acordo com a polícia, a carga é avaliada em R$ 1,5 milhão.

A apreensão aconteceu durante a madrugada, após denúncias de atividades criminosas de supostos narcotraficantes que estariam sendo realizadas em pista de pouso em determinada área rural. A polícia foi até a pista, porém verificou que não havia sinais recentes de uso dela.

No local foi encontrado um caminhão em barracão da fazenda carregado de maços de cigarros contrabandeados e, segundo apurado no local, teriam sido deixados por pessoas desconhecidas sob alegação de problemas mecânicos.

Ao todo foram apreendidas 490 caixas de cigarro com 50 maços de cigarros em cada, além de aproximadamente 78 pacotes de essência diversa para narguilé, aproximadamente três pacotes de fumo, aproximadamente 28 caixas de papel para cigarro fumo e ainda aproximadamente três caixas de papel alumínio utilizados em preparo de narguilé. Questionados, os funcionários da fazenda disseram que proprietários não tinham autorizado e sequer sabiam do ocorrido, e que os

mesmos haviam prestado apenas um apoio para que pudesse ser deixado o caminhão no local visto problemas mecânicos e negaram qualquer envolvimento com os fatos. Os registros oficiais e demais encaminhamentos foram efetivados pela equipe policial do Dracco.

Jornal Midiamax