Polícia

Operação cumpre mandados contra pedófilos em MS

Na manhã desta quinta-feira (28), a Polícia Civil por meio da Depca (Delegacia Especializada de Proteção à Criança e ao Adolescente) realiza a Operação Deep Caught. A ação cumpre mandados contra acusados de exploração e abuso sexual contra crianças e adolescentes praticados por meio da internet. Segundo a delegada Marília de Brito, titular da Depca, […]

Renata Portela Publicado em 28/05/2020, às 07h00 - Atualizado às 07h30

Operação acontece em 4 cidades de MS (Foto: Divulgação, PCMS)
Operação acontece em 4 cidades de MS (Foto: Divulgação, PCMS) - Operação acontece em 4 cidades de MS (Foto: Divulgação, PCMS)

Na manhã desta quinta-feira (28), a Polícia Civil por meio da Depca (Delegacia Especializada de Proteção à Criança e ao Adolescente) realiza a Operação Deep Caught. A ação cumpre mandados contra acusados de exploração e abuso sexual contra crianças e adolescentes praticados por meio da internet.

Segundo a delegada Marília de Brito, titular da Depca, a ação é realizada em 4 cidades do Estado, Campo Grande, Jardim, Cassilândia e Bonito. Ao todo devem ser cumpridos 6 mandados de busca e apreensão, que podem resultar em prisões em flagrante. A ação é realizada desde as primeiras horas da manhã desta quinta-feira.

Os mandados de busca e apreensão que estão sendo cumpridos no Estado foram identificados pela Polícia Civil de MS, por meio da Depca, com base em elementos informativos coletados em ambientes virtuais com indícios suficientes de autoria e materialidade delitiva.

Operação cumpre mandados contra pedófilos em MS
(Foto: Divulgação, PCMS)

No Brasil, a pena para quem armazena esse tipo de conteúdo varia de 1 a 4 anos de prisão, de 3 a 6 anos pelo compartilhamento e de 4 a 8 anos de prisão pela produção de conteúdo relacionado aos crimes de exploração sexual.

Deep Caught

O nome da operação se refere ao trabalho investigativo da Polícia Civil, no ambiente da deep weeb, com a consequente localização e captura dos autores dos crimes, praticados contra crianças e adolescentes.

Jornal Midiamax