Polícia

Polícia autua em R$ 2 mil por porte ilegal de motosserras

A PMA (Polícia Militar Ambiental) autuou um infrator em R$ 2 mil por portar motosserras ilegais. Policiais ambientais do posto avançado da Cachoeira do Sossego, em Rochedo, que trabalham na operação piracema, realizavam fiscalização preventiva à pesca predatória em estradas que dão acesso ao rio Aquidauana e seus afluentes no município e apreenderam ontem (9) […]

Diego Alves Publicado em 10/12/2020, às 20h38

divulgação, PMA
divulgação, PMA - divulgação, PMA

A PMA (Polícia Militar Ambiental) autuou um infrator em R$ 2 mil por portar motosserras ilegais. Policiais ambientais do posto avançado da Cachoeira do Sossego, em Rochedo, que trabalham na operação piracema, realizavam fiscalização preventiva à pesca predatória em estradas que dão acesso ao rio Aquidauana e seus afluentes no município e apreenderam ontem (9) no início da noite, duas motosserras ilegais.

A equipe da PMA abordou um homem em um veículo Ford Del Rey em uma estrada vicinal e, no porta-malas, foram encontradas as motosserras que não possuíam a documentação (LPU – Licença de Porte e Uso).

O infrator de 53 anos, residente em Rochedo, foi autuado administrativamente e multado em R$ 2 mil. O uso de motosserra ilegal é crime ambiental, porém, só o transporte ou a posse trata-se somente de infração administrativa.

Jornal Midiamax