Polícia

PMA apreende corda de espinhéis de 20 metros em Bela Vista

Em fiscalização no rio Perdido, em Bela Vista, oficiais da PMA (Polícia Militar Ambiental) encontraram apetrechos ilegais utilizados em pesca predatória, na madrugada desta segunda-feira (28). Segundo a PMA, a equipe de policiais encontrou uma tarrafa à margem do rio e retirou uma corda de espinhel de 20 metros com 10 anzóis, além de 11 […]

Fábio Oruê Publicado em 28/12/2020, às 23h20

(Foto: Divulgação/ PMA)
(Foto: Divulgação/ PMA) - (Foto: Divulgação/ PMA)

Em fiscalização no rio Perdido, em Bela Vista, oficiais da PMA (Polícia Militar Ambiental) encontraram apetrechos ilegais utilizados em pesca predatória, na madrugada desta segunda-feira (28).

Segundo a PMA, a equipe de policiais encontrou uma tarrafa à margem do rio e retirou uma corda de espinhel de 20 metros com 10 anzóis, além de 11 anzóis de galho. Os infratores não foram localizados, porém, os trabalhos vão continuar na região.

A PMA tem desenvolvido fiscalizações em todos os rios do Estado, além de ter montado os Postos Avançados nas principais cachoeiras e corredeiras, bem como realizado o monitoramento dos cardumes na operação piracema e tem percebido que está havendo respeito ao período de proibição.

Segundo a corporação, os trabalhos precisam ser intensivos, tanto porque os cardumes são grandes no período reprodutivo e, portanto, ficam mais vulneráveis, mas também, para a retirada de petrechos proibidos que são armados, normalmente à noite.

Jornal Midiamax