Polícia

Mulher reage a assalto, é agredida por homens armados e salva por guarda

Uma mulher de 43 anos foi agredida durante tentativa de assalto na noite desta sexta-feira (07), no bairro Coophavila, em Campo Grande. Os dois suspeitos estariam armados e correram ao ver a chegada de um guarda civil metropolitano. A mulher contou que estava seguindo até uma unidade de saúde para visitar uma amiga que está […]

Dayene Paz Publicado em 08/08/2020, às 08h37 - Atualizado às 17h14

Caso foi registrado na Deam (Arquivo)
Caso foi registrado na Deam (Arquivo) - Caso foi registrado na Deam (Arquivo)

Uma mulher de 43 anos foi agredida durante tentativa de assalto na noite desta sexta-feira (07), no bairro Coophavila, em Campo Grande. Os dois suspeitos estariam armados e correram ao ver a chegada de um guarda civil metropolitano.

A mulher contou que estava seguindo até uma unidade de saúde para visitar uma amiga que está hospitalizada, quando foi abordada por dois homens, no portão da emergência do posto. Um deles encostou a arma de fogo na cintura da mulher e pediu a chave do carro.

De acordo com o boletim de ocorrência, a mulher começou a gritar pedindo por socorro, momento em que os dois homens passaram a agredi-la até a vítima cair no chão. Em seguida, afirmaram que iriam matá-la, quando o guarda viu a situação e correu para ajudar.

Os bandidos fugiram sem levar nada. O caso foi registrado na Deam (Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher).

Jornal Midiamax