Polícia

Mulher denuncia casal por racismo e constrangimento após ser acusada de furto

Mulher de 35 anos procurou a Polícia Civil neste domingo (04), em Campo Grande, para denunciar um casal por racismo e constrangimento ilegal, após ter sido acusada de furtar um celular. A vítima foi abordada em público na Vila Bandeirantes e submetida a uma revista pessoal. Ela alegou que seguia pela Rua Alexandre Fleming, quando […]

Renan Nucci Publicado em 04/10/2020, às 15h44 - Atualizado às 15h48

(Arquivo)
(Arquivo) - (Arquivo)

Mulher de 35 anos procurou a Polícia Civil neste domingo (04), em Campo Grande, para denunciar um casal por racismo e constrangimento ilegal, após ter sido acusada de furtar um celular. A vítima foi abordada em público na Vila Bandeirantes e submetida a uma revista pessoal.

Ela alegou que seguia pela Rua Alexandre Fleming, quando os suspeitos se aproximaram e exigiram que ela abrisse a bolsa. Eles alegavam que o celular havia acabado de ser furtado e que estavam desconfiando dela. Ela abriu a bolsa, tirou todos os pertences e mostrou ao casal.

Mesmo assim, a mulher passou a tocar o corpo da vítima na tentativa de encontrar o aparelho, mas sem sucesso. “Cadê o celular sua nega? (sic)”, teria questionado a autora de forma ofensiva. O casal disse ainda que a vítima não poderia sair dali até a chegada da Polícia Militar.

No local, a PM orientou os envolvidos para que procurassem a Polícia Civil a fim de registrar boletim de ocorrência. O caso foi denunciado na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) do centro.

Jornal Midiamax