Polícia

MPMS apura envolvimento de agentes após fuga de detenta na fronteira

O MPMS (Ministério Público Estadual de Mato Grosso do Sul) instaurou inquérito para investigar a fuga de uma presa do Estabelecimento Penal Feminino de Ponta Porã, a 346 quilômetros de Campo Grande, na fronteira com o Paraguai, ocorrida durante o Natal de 2017.  A suspeita é de que a detenta tenha recebido ajuda de agentes […]

Renan Nucci Publicado em 09/04/2020, às 16h01

Foto: Ilustrativa
Foto: Ilustrativa - Foto: Ilustrativa

O MPMS (Ministério Público Estadual de Mato Grosso do Sul) instaurou inquérito para investigar a fuga de uma presa do Estabelecimento Penal Feminino de Ponta Porã, a 346 quilômetros de Campo Grande, na fronteira com o Paraguai, ocorrida durante o Natal de 2017. 

A suspeita é de que a detenta tenha recebido ajuda de agentes penitenciários. O inquérito corre em sigilo. Na ocasião dos fatos, a Agepen (Agência Estadual de Administração do Sistema Penitenciário) abriu sindicância para investigar o ocorrido.

Conforme já noticiado, Cleicione Santos Neris teria fugido do presídio no dia 25 de dezembro. Apesar da fuga, a interna foi recapturada em sequência, no mesmo dia, e conduzida ao presídio.

Jornal Midiamax