Polícia

Motorista atropela e mata cachorro em pátio de condomínio e foge

Procurou a delegacia de polícia de Campo Grande, na noite desta quinta-feira (15), uma jovem de 24 anos depois de ter seu cachorro da raça Shitzuo atropelado e morto por uma motorista moradora do condomínio, no Jardim São Lourenço. A jovem disse que estava no pátio do condomínio passeando junto de seu cachorro chamado Romeo, […]

Thatiana Melo Publicado em 16/10/2020, às 05h59 - Atualizado às 12h20

(Ilustrativa)
(Ilustrativa) - (Ilustrativa)

Procurou a delegacia de polícia de Campo Grande, na noite desta quinta-feira (15), uma jovem de 24 anos depois de ter seu cachorro da raça Shitzuo atropelado e morto por uma motorista moradora do condomínio, no Jardim São Lourenço.

A jovem disse que estava no pátio do condomínio passeando junto de seu cachorro chamado Romeo, na última sexta-feira (9) quando a moradora entrou no residencial não obedecendo o limite de velocidade dentro do condomínio, e acabou atropelando o animal que morreu no local.

Após o atropelamento, a autora fugiu para sua garagem que fica a 50 metros de onde aconteceu o acidente, sendo que minutos depois o marido da mulher surgiu no pátio e passou a desferir xingamentos, inclusive, contra a veterinária que estava no local e serviu de testemunha do atropelamento.

A dona do cachorro ainda relatou que passado os dias, a autora não a procurou para reparar o que havia feito e nem pedido de desculpas o fez disseminando em grupos que a culpa do cachorro ter sido atropelado era da dona, que estava com o cachorro no pátio.

Jornal Midiamax