Polícia

Morador em MS troca nudes pelo WhatsApp e é extorquido em R$ 3,5 mil por falso delegado

Na segunda-feira (21), morador em Porto Murtinho, cidade a 454 quilômetros de Campo Grande, denunciou que é vítima de extorsão por supostos policial civil e delegado de Porto Alegre (RS). Ele trocou fotos e mensagens íntimas com uma mulher e passou a ser ameaçado. Conforme o registro policial, o homem recebe ligações e áudios pelo […]

Renata Portela Publicado em 22/12/2020, às 07h06 - Atualizado às 11h23

Imagem ilustrativa
Imagem ilustrativa - Imagem ilustrativa

Na segunda-feira (21), morador em Porto Murtinho, cidade a 454 quilômetros de Campo Grande, denunciou que é vítima de extorsão por supostos policial civil e delegado de Porto Alegre (RS). Ele trocou fotos e mensagens íntimas com uma mulher e passou a ser ameaçado.

Conforme o registro policial, o homem recebe ligações e áudios pelo WhatsApp dos suspeitos, exigindo R$ 3,5 mil. Segundo a vítima, ela começou a trocar fotos íntimas com uma mulher pela rede social e, depois de algum tempo, foi avisada de que ela seria menor de idade e que os pais estariam sabendo de tudo.

O suposto delegado então teria passado a exigir dinheiro para que o homem não fosse denunciado por pedofilia. O caso é tratado como extorsão e foi registrado na delegacia do município.

Jornal Midiamax