Polícia

Esfaqueado em roubo de carro morreu sentado à espera de socorro em Campo Grande

Ainda sem acreditar no que aconteceu, vizinhos e amigos da família de Jedson Oliveira Brandão de 21 anos, que foi assassinado em uma tentativa de roubo, na noite desta quarta-feira (4), no Jardim Monumento, em Campo Grande descrevem o jovem como ‘gente boa’. Ele morreu sentado à espera de socorro após ser esfaqueado.  Jedson foi […]

Thatiana Melo Publicado em 05/11/2020, às 08h41 - Atualizado às 18h08

(Henrique Arakaki, Midiamax)
(Henrique Arakaki, Midiamax) - (Henrique Arakaki, Midiamax)

Ainda sem acreditar no que aconteceu, vizinhos e amigos da família de Jedson Oliveira Brandão de 21 anos, que foi assassinado em uma tentativa de roubo, na noite desta quarta-feira (4), no Jardim Monumento, em Campo Grande descrevem o jovem como ‘gente boa’. Ele morreu sentado à espera de socorro após ser esfaqueado. 

Jedson foi morto com uma facada no pescoço ao reagir ao roubo de seu veículo Volkswagen Gol, que havia comprado recentemente com o dinheiro que juntou ao servir como recruta no quartel. Uma amiga da mãe do rapaz contou ao Jornal Midiamax que depois de ser ferido a facadas, a vítima correu para dentro da residência gritando pela mãe.

Com os gritos na rua, os vizinhos saíram e puderam flagrar os bandidos fugindo em uma motocicleta. A mãe de Jedson ainda tentou estancar o sangue o filho até a chegada do socorro, mas foi retirada do local pelos vizinhos devido ao nervosismo. Ela só ficou sabendo da morte do rapaz na manhã desta quinta-feira (5). A doméstica achou que o filho havia sido socorrido com vida, mas Jedson morreu sentado na cadeira da varanda de casa.

O crime aconteceu por volta das 22 horas desta quarta (4), quando Jedson teria saído para guardar o veículo VolkswagenGol, que estava em frente à residência. Mas, quando se aproximou do carro foi surpreendido por um bandido. Os dois entraram em luta corporal e Jedson acabou esfaqueado no pescoço. Um corte de aproximadamente cinco centímetros. Informações são de que o ladrão também acabou ferido pelo trajeto das gotas de sangue encontradas pela perícia no local do crime.

Jornal Midiamax