Polícia

Jovem é abusada por montador de móveis que prestava serviço em residência

Jovem de 19 anos foi abusada por um montador de móveis que prestava serviço em sua casa, no Jardim Itatiaia, em Campo Grande. O caso foi no último dia 18 e denunciado na Deam (Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher). Segundo boletim de ocorrência, o autor foi montar um guarda-roupas da jovem, que mora com […]

Fábio Oruê Publicado em 28/12/2020, às 22h58

Vítima prestou depoimento na Deam (Arquivo, Midiamax)
Vítima prestou depoimento na Deam (Arquivo, Midiamax) - Vítima prestou depoimento na Deam (Arquivo, Midiamax)

Jovem de 19 anos foi abusada por um montador de móveis que prestava serviço em sua casa, no Jardim Itatiaia, em Campo Grande. O caso foi no último dia 18 e denunciado na Deam (Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher).

Segundo boletim de ocorrência, o autor foi montar um guarda-roupas da jovem, que mora com os pais. O documento diz que o homem é conhecido da família há anos e já havia feito outros serviços na residência. A moça conta que eles estavam conversando quando o suspeito começou a falar de sexo e fazer perguntas íntimas para ela.

Com o questionamento, a jovem ficou se sentiu acuada e sem sucesso tentava sair do assunto. Ele também mostrou vídeos pornográficos para a vítima e continuou com as perguntas.

Em certo momento ele se aproximou dela e começou a tocá-la em regiões íntimas, por cima da vestimenta, e até tentou abaixar o short que ela usava. Ele terminou o serviço e foi embora.

À polícia, a jovem disse que ele não usou de força física e ameaças, mas que ela se sentiu intimidada pelas atitudes invasivas dele. O caso foi registrado como importunação sexual na Deam.

O suspeito ainda não foi encontrado. Segundo apurado pelo Jornal Midiamax, ele seria agente de saúde.

Jornal Midiamax