Polícia

Fim da farra: grupo se recusa a acabar com festa e PMs são ameaçados

Em meio a pandemia de coronavírus e medidas de prevenção sanitária, um grupo além de promover festa com aglomeração ainda ameaçou policiais. O caso aconteceu neste sábado (06), em Dois Irmãos do Buriti – distante 115 quilômetros de Campo Grande. Segundo boletim de ocorrência, a polícia foi acionada para verificar uma festa, que estaria reunindo […]

Gabriel Maymone Publicado em 07/06/2020, às 14h11 - Atualizado às 14h22

Dois foram levados para a delegacia (Ilustrativa)
Dois foram levados para a delegacia (Ilustrativa) - Dois foram levados para a delegacia (Ilustrativa)

Em meio a pandemia de coronavírus e medidas de prevenção sanitária, um grupo além de promover festa com aglomeração ainda ameaçou policiais. O caso aconteceu neste sábado (06), em Dois Irmãos do Buriti – distante 115 quilômetros de Campo Grande.

Segundo boletim de ocorrência, a polícia foi acionada para verificar uma festa, que estaria reunindo um grupo grande de pessoas e som alto, que estava incomodando a vizinhança.

No local, havia um carro de som em volume alto e cerca de 30 pessoas consumindo bebidas alcoólicas. O dono da casa foi procurado pelos policiais e foi informado que, além do crime de perturbação do sossego, estava descumprindo decreto municipal de medidas contra o coronavírus.

Entretanto, participantes da festa se negaram a deixar o local e começaram a xingar os policiais, dizendo que eles não mandavam nada. Eles ainda afirmaram que ninguém seria preso.

Diante da confusão, os donos da casa, dois homens – um de 42 anos e outro de 53, foram conduzidos à delegacia.

O caso foi registrado como infração de medida sanitária preventiva, desacato e perturbação de sossego.

Jornal Midiamax